Notícias de RolândiaÚltimas Notícias

Rio Tibagi vai abastecer Rolândia em 2025

Obra inclui 13 km de tubulação e investimento de R$ 12,951 milhões.

Continua após a publicidade..

O presidente da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná), Wilson Bley Lipski, e o prefeito de Rolândia, Ailton Maistro, assinaram nesta terça-feira (2) a ordem de serviço para o início das obras que levarão água do Rio Tibagi para abastecer o município. Com um investimento de R$ 12,951 milhões, a Sanepar implantará uma adutora que ligará o Centro de Reservação Esperança, em Cambé, ao Reservatório Central de Rolândia. A conclusão do projeto está prevista para 2025.

Wilson Bley Lipski destacou a importância do Rio Tibagi como um manancial estratégico que atenderá uma região densamente povoada e em crescimento.

“Estamos comprometidos em ampliar os serviços de água e esgoto em todo o Estado, garantindo recursos para atender às necessidades de cada município”, afirmou Lipski.

O prefeito Ailton Maistro enfatizou os benefícios econômicos e sociais que a obra trará para Rolândia.

“Melhorar a infraestrutura atrai investimentos, gera empregos e promove o crescimento da cidade”, disse Maistro, ao lado do governador em exercício, Darci Piana.

Detalhes da obra em Rolândia

A obra inclui a instalação de aproximadamente 13 quilômetros de tubulação de grande diâmetro e a construção de uma estação elevatória. Um trecho significativo da adutora passará sob a rodovia BR-369, conectando o sistema de captação de Londrina a Cambé e, posteriormente, a Rolândia. Para viabilizar este projeto, a Sanepar já está ampliando a capacidade de transporte de água do centro de Londrina até Cambé.

Investimentos em infraestrutura

Além da adutora, a Sanepar está investindo R$ 16 milhões em melhorias no sistema de abastecimento de água e R$ 14 milhões em esgoto em Rolândia. Para reforçar o abastecimento, especialmente nas regiões dos jardins Santiago e Nobre, estão sendo integrados quatro novos reservatórios com capacidade total de 2.500 metros cúbicos, aumentando a capacidade instalada em 60%.

Avanços no saneamento

Os esforços para universalizar o acesso ao esgotamento sanitário continuam. Após a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Ribeirão Vermelho em 2022, a Sanepar está investindo na ETE Cervin e na desativação da ETE Cafezal, que será convertida em estação elevatória. Esta obra também facilitará a construção de um novo hospital regional no contorno Sul.

O presidente da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná), Wilson Bley Lipski, e o prefeito de Rolândia, Ailton Maistro, assinaram nesta terça-feira (2) a ordem de serviço para o início das obras que levarão água do Rio Tibagi para abastecer o município. Com um investimento de R$ 12,951 milhões, a Sanepar implantará uma adutora que ligará o Centro de Reservação Esperança, em Cambé, ao Reservatório Central de Rolândia. A conclusão do projeto está prevista para 2025.
Um trecho significativo da adutora passará sob a rodovia BR-369, conectando o sistema de captação de Londrina a Cambé e, posteriormente, a Rolândia. Foto – Arquivo Sanepar
Continua após a publicidade..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo